Como certamente têm notado há muitos ditados e expressões que resultam da observação de factos da natureza e a expressão desta semana é mais um exemplo dessa relação estreita entre o ambiente e a sabedoria popular.

A erosão é um fenómeno bastante comum e particularmente dramático quando causado pela água das chuvas, do mar ou de um rio. Os poetas gregos e latinos foram os primeiros a fazer referência ao poder da água para deixar a sua marca. Tibillus disse que “um tempo longo corrói a pedra por meio da mole água”. Ovídio afirmou que “a gota de água cava a pedra” e Choerilus de Samos notou que “com persistência uma gota de água pode furar uma pedra”.

Podemos encontrar este provérbio em várias línguas desde o inglês ao vietnamita passando pelo o francês, o espanhol e o chinês. Em Português, o ditado apresenta uma variação quanto ao verbo usado. Na variedade do Brasil parece ser mais comum dizer água mole em pedra dura tanto dá até que fura enquanto que no Português Europeu é mais comum ouvir dizer água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

A ideia que este adágio pretende transmitir é a da persistência e tenacidade. Quando nos deparamos com dificuldades ou objetivos que, à primeira vista, podem parecer impossíveis de alcançar, a melhor resposta é ser perseverante pois com constância, firmeza e pertinácia alcançaremos certamente a meta que a princípio nos parecia irrealizável. Por vezes a obstinação ou teima em levar a cabo uma intenção ou vontade é vista ou percepcionada de forma negativa e confundida com teimosia que não é necessariamente uma qualidade. Não obstante, todos reconhecemos que desistir ao primeiro sinal de adversidade ou à primeira dificuldade também não é a melhor atitude a adoptar sobretudo quando a tarefa que temos pela frente é difícil ou árdua. Na verdade, o trabalho mais complicado, o objetivo mais trabalhoso ou laborioso e a conquista mais improvável só se completam ou alcançam com esforço, dedicação, insistência e paciência, tal qual como a água que, com tempo e consistência, consegue cravar buracos na pedra mais dura ou definir o curso de um rio.

Há quem considere que este expressão é semelhante a grão a grão enche a galinha o papo pois ambas reforçam a ideia de que uma grande vitória se conquista de forma gradual pouco a pouco e com continuidade ou persistência. Na minha opinião, a principal diferença está no que cada máxima valoriza. Enquanto no provérbio grão a grão se enaltece a paciência de quem constrói algo ou vence uma dificuldade realizando uma pequena tarefa diária ou acumulando pequenas conquistas sucessivas, no ditado água mole em pedra dura o que se elogia é a capacidade que um indivíduo, por mais fraco ou mole como a água que seja, tem de acreditar na sua própria capacidade de conseguir alterar o rumo das coisas.

Alguns exemplos de uso seriam:

São muitas dificuldades para uma pessoa só ultrapassar mas não desistas pois água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

Apesar da Inês já ter dito ao Pedro que não quer casar com ele, ele acha que água mole em pedra dura tanto bate até que fura e por isso não desiste e tudo faz para conquistar o amor dela.

Aprender a escrever caracteres chineses é difícil mas um dia hei de conseguir ler o jornal em chinês — água mole em pedra dura tanto dá até que fura.

EXPRESSÕES SEMELHANTES USADAS NOUTRA(S) LÍNGUA(S)
滴水穿水
Nước chảy đá mòn
Constant dripping wears away a stone
L’eau qui tombe goutte à goutte, cave la pierre
Agua blanda en piedra dura, tanto golpea hasta que la agujerea