Dizem que Agosto é um mês de trabalho a meio gás, mas eu nunca tive tanto trabalho como este ano. Entre os clientes que vêm à loja porque lhes apetece passear e gastar dinheiro e as encomendas online, não tenho mãos a medir...

Realmente este ano não foi um ano fácil e o regresso à suposta normalidade também pode ser complicado. O que tu precisar é de ir laurear a pevide... Já tens planos para as férias?

Férias??? Só em Setembro — fora da época alta quando não há tanta gente e os preços voltam a ser acessíveis ao comum dos mortais. Qual é que era a tua outra recomendação?

Não sei do que estas a falar... Só te perguntei quando é que ias de férias...

Desculpa, mas disseste que eu precisava de louvar pevides ou algo parecido.

Ah, o que eu disse é que precisavas de laurear a pevide...

Pois, isso mesmo. Podes trocar-me isso por miúdos pois não faço a mínima ideia do que estás a dizer.

Laurear a pevide significa simplesmente ir dar uma volta, sair do nosso ambiente familiar e ir passear para arejar a cabeça, refrescar as ideias, recuperar energias, recarregar baterias.

Que interessante! E de onde vem a expressão?

Para ser sincera, não te sei dizer. A combinação de laurear com pevide não fez sentido nenhum, pois não?

Vamos por partes: pevides são os caroços das uvas, não é?

Infelizmente não. As cerejas têm caroços, as uvas têm grainhas e as melancias têm pevides. Pevides são as sementes de alguns frutos como o melão e a abóbora.

E laurear o que é que significa?

De acordo com o dicionário da Porto Editora, o principal significado de laurear é coroar com louros, como se fazia aos vencedores dos jogos Olímpicos da Antiguidade, mas o mesmo dicionário sugere que esta palavra é uma variante de larear que significa passear de forma descontraída e despreocupada.

Se laurear significa o mesmo que larear que por sua vez quer dizer passear então a expressão começa a fazer sentido.

Se tu dizes. Por mim, prefiro pensar que é uma recomendação para fazer algo inesperado, destrambelhado até e desse modo fugir da rotina, escapar às responsabilidades do dia a dia, desconetar totalmente e, assim, descansar verdadeiramente.

Parece-me um excelente conselho. Vamos os dois laurear a pevide que se faz tarde.

 

 

 

OUTRAS EXPRESSÕES MENCIONADAS
a meio gás
comum dos mortais
não ter mãos a medir
que se faz tarde
trocar por miúdos