Ontem enviei uma mensagem a uma amiga portuguesa a convidá-la para tomar café e ela respondeu-me: "não vai dar porque não estou em Coimbra". Não compreendo exatamente o que é que ela não me pode dar, pois eu nunca lhe pedi nada... Eu até estava a pensar pagar-lhe o café...

não vai dar é apenas uma locução que os falantes de português usam para explicar que algo não é possível por alguma razão. Na verdade, as frases que mais se ouvem são não vai dar certo e não vai dar tempo

Mas o significado dessas é claro: não vai dar certo quer dizer que não pode funcionar, e não vai dar tempo significa que não há tempo suficiente para terminar ou completar algo devidamente.

Isso mesmo. Nota que ambas as expressões podem ser usadas na afirmativa e na negativa como nos seguintes exemplos:

O objetivo é dar tempo a que apareça um investidor que viabilize o projeto.
As pessoas sabem que é preciso dar tempo ao tempo.

 

Estaremos tão pouco tempo fora de casa que não vai dar tempo de sentir saudades.
Precisamos de fazer limpeza geral, mas não vai dar tempo de lavar os cortinados.

 

Nós sempre achámos que o nosso plano ia dar certo.
Na parte defensiva, o esquema tem tudo para dar certo.

 

Uma ideia, portanto, com todos os componentes para não dar certo em Portugal.
Assim que eu o conheci, percebi que aquela relação não ia dar certo.
 

 

Se algo pode dar certo também pode dar errado?
Absolutamente! Mas acho que a expressão dar errado é mais usada no Brasil que em Portugal. Como nas seguintes frases:

Em tudo que se faz na vida temos 50% de chances de dar certo ou errado.
Um bom amigo é aquele que está disposto a ajudar-nos quando as coisas dão errado.

 

Então, o que é que os Portugueses usam para transmitir a ideia que algo funciona mal.

Acho que os "tugas" preferem dizer que ficou tudo em águas de bacalhau, como explicámos no episódio 90, ou usar a frase feita não dar em nada como nos seguintes exemplos:

Não me sinto motivada a pedir o livro de reclamação porque sei que a minha queixa não vai dar em nada.

Para essa expressão eu também tenho um exemplo que li no jornal brasileiro O Globo online:

Sabemos que o inquérito parlamentar não vai dar em nada, vai dar em pizza.

Nessa frase há até duas expressões, mas uma delas é apenas usado no outro lado do Atlântico. Ir dar em pizza ou acabar em pizza é apenas usada no Brasil, mas tem o mesmo significado que não ir dar em nada. Supostamente esta expressão veio substituir a frase — também brasileira — terminar em samba. Hoje quando existe a possibilidade de alguém sair impune de um crime ou de algum escândalo — sobretudo político — ser abafado ou acabar esquecido, os brasileiros dizem: vai dar ou acabar em pizza.

Agora que penso nisso, há muitas frases feitas que usam o verbo dar.

Pois há! Algumas até já foram explicadas em episódios anteriores como dar uma colher de chá (episódio 13) ou dar com a língua nos dentes (episódio 14) ou ainda o jargão juvenil a dar com um pau (episódio 72).

Consegues pensar em mais algum exemplo?

Que tal estas:

dar meia volta
dar de caras com alguém

dar uma mãozinha
, dar uma olhadela

Excelentes exemplos, sim, senhoradar meia volta quer dizer mudar de direção como quando mudamos radicalmente de ideias ou de comportamento; dar de caras com alguém significa simplesmente encontrar alguém inesperadamente; dar uma mão ou uma mãozinha é o mesmo que ajudar ou prestar auxílio alguém e dar uma olhadela ou uma vista de olhos é usado no sentido de verificar algo de forma rápida e superficial como quando lemos um texto "na diagonal" só para perceber a ideia geral ou a mensagem principal.
Queres ser tu a dar os exemplos de uso destas expressões?

Claro! Podemos dizer:

Antes de enfrentar o futuro, é sempre bom dar uma olhadela ao passado.

Quando saí do teatro, dei de caras com o ator que tinha acabado de ver no palco.

Não te custava nada dar uma mão aos teus pais, agora que eles estão velhos e precisam de alguém que os ajude.

Cinco minutos de conversa foi suficiente para ela dar meia volta, dar o dito por não dito e retroceder na sua decisão